Como começar um evento #not   3 comments

Barbarizando pela ética, começou bastante tenso o clima no IX Seminário Nacional de Direito Constitucional, promovido pela ABDConst, em Curitiba (PR). Demonstrando uma delicadeza que é inerente à profissão, o Presidente da OAB Regional lançou-se um discurso de palavras mais vazias do que os discursos de mudança de hábito de Homer Simpson, mais acalorado do que os gritos dos Movimentos Sindicais nas passeatas e mais tedioso do que as longas apresentações e formalidades que acontecem em todo congresso jurídico, lançando uma retórica acerca das dificuldades e da realidade da Assembléia Legislativa, com o rombo de (provavelmente mais de R$100 milhões, nos últimos anos).

Até aí, o.k., tudo bem, tudo correto – nenhum lugar melhor para se discutir corrupção do que um congresso de Direito. Ainda mais Constitucional. Mas… ah, se o mundo fosse realmente tão cor-de-rosa e feliz, como sempre são as promoções de empresas telefônicas antes da assinatura do contrato, e como uma empresa que te dá um iPhone 3GS, e cobra uma mensalidade de R$500, assim foi o discurso do nobre colega.

Após arrancar aplausos dos espectadores mais exaltados os quais deveriam se animar a cada brado populista do síndico de seus respectivos prédios o honorável (?) presidente da Regional paranaense decidiu dar uma volta em seu discurso, clamando pelo apoio popular à renúncia da Mesa Diretora da Assembléia. Isso, com a presidente da mesa não só presente no evento, mas participando da Mesa de Abertura, ao seu lado(!).

Mostrando uma falta de tato ainda maior, o referido colega continua seu ataque pessoal (sem direito à defesa, convenientemente, já que não havia marcação para ela proferir algumas palavras), à presidente da Assembléia, exigindo que toda a mesa renunciasse, sob a justificativa de que a Diretoria tinha se mostrado irresponsável, e porque não co-participante da corrupção, por ter permitido que ele ocorresse.

E… fim. Homer Sim..o presidente da regional, passou então a palavra ao cerimonial, o qual continuou os trabalhos como se nada tivesse acontecido.

Ah, a presidente? Impassível, como uma verdadeira dama, não se abalando pelas acusações furadas e sem base (pelo menos até então) do ‘advogado’.

Gostei dela.

Anúncios

Publicado 07/10/2010 por Abigobaldo em Uncategorized

Etiquetado com , ,

3 Respostas para “Como começar um evento #not

Assinar os comentários com RSS.

  1. esse menino tem o dom da retórica! ;O

  2. Num intendi nd!

  3. éeee, entãaao.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: