Xenofobia? Aqui, não!   Leave a comment

Dizem que a sensação de impunidade é o que impele o ser humano a chegar ao seu pior nível. Não existe nível de educação que segure o ímpeto de uma pessoa que acredita no seu ideal – e faz e tudo pra alcançá-lo. É quando os fins são mais importantes que os meios. E nesse frenesi por alcançar o melhor para si mesmo, ou até para a sua comunidade, as pessoas acabam perdendo o seu foco.

Porque, a partir do momento que, em seu discurso, as coisas são mais importantes que as pessoas, ele é vão (já dizia o @WilliamCosmo). E é nessa tentativa de passar por cima de tudo, pra alcançar um objetivo, surge a xenofobia.

O que é xenofobia? Segundo a Wikipédia, é o medo irracional, aversão ou a profunda antipatia em relação aos estrangeiros; a desconfiança em relação a pessoas estranhas ao meio daquele que as julga ou que veem de fora do seu país.

A Xenofobia baseia-se, portanto, na irracionalidade – algo instintivo, sem motivo ou razão de acontecer. Continuando o conceito de xenofobia, ela pode ter como alvo não apenas pessoas de outros países mas de outras culturas, subculturas ou sistemas de crenças. O medo do desconhecido pode ser mascarado no indivíduo como aversão ou ódio, gerando preconceitos. Atitudes xenófobas podem incluir, em mais extremos casos, ameaça, até a defesa do extermínio desses grupos.

Em se tratando de doença, a Xenofobia insere-se no grupo das perturbações fóbicas, caracterizadas por ansiedade clinicamente significativa, provocada pela exposição a uma situação ou objeto temido. Mas não é o caso proposto.

Quem usa twitter já deve estar meio a par do que tem acontecido nos últimos dias. Conforme algumas previsões, depois das eleições, o twitter acabou virando o palco dos mesmos dois grupos de sempre: um que considera ter vencido as eleições (embora, né.), e outro que, achando-se derrotado, procura alguém pra colocar a culpa.

E, em se tratando de populismo, lógico que a culpa foi parar no Nordeste. Porque, segundo o senso-comum, nordestino é preto, pobre, e, principalmente burro. Seguindo a linha de pensamento que estourou no twitter, a culpa o Brasil ser atrasado, é do Norte e Nordeste.

Porque eles dependem da bolsa-família, que é paga pelo Sul-Sudeste.
Para quem não sabe, o Bolsa-Família está presente nas 5 regiões do país, e por increça que parível, a região que menos depende dela é… vejam só, não é o Sul que se julga europeu, nem o Sudesde última Coca-Cola do deserto, mas o Centroeste!

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, em 2005 (os mais recentes que encontrei na web), cerca de 50% das famílias que recebem o Bolsa-Família estão no Nordeste; 26,5% no Sudeste; 10,7% no Sul; míseros 8% no Norte; e o restante, 4% e uns quebrados, no Centroeste.

E aí, paulistas? Que tal o Centroeste e o Norte resolverem fazer seu próprio país, e acabar com o superávit que o Brasil teve nos últimos anos na balança comercial, graças à exportação agrícola? Ou que tal pagar mais pelos minérios nortistas?

De qualquer modo, os xingamentos eram tantos, que surgiram, dentre os usuários acabaram por, por si só, organizar e catalogar todos aqueles que manifestaram toscamente o seu ódio ao Norte/Nordeste, através do mini-blog Tumblr, Xenofobia não!.

E não pára por aí. Alguns nordestinos, revoltados, passaram a devolver os xingamentos na mesma moeda. E a coisa começou a comer solta.

Mas… A xenofobia é crime?

Infelizmente, no Brasil, não há um tipo penal para a xenofobia, como crime por si só; mas as atitudes dos twitteiros catalogados no Xenofobia Não!, são tipificadas como injúria qualificada por discriminação, crime este cuja pena vai de 1 a 3 anos de reclusão, mais multa (Código Penal, art. 140, §3); acrescido do art. 141, III “na presença de várias pessoas, ou por meio que facilite a divulgação da calúnia, da difamação ou da injúria”, aumentando a pena final em 1/3.

Viu alguém cujos comentários são xenófobos? Não se morda de raiva. Registre, faça um printscreen, consiga o máximo possível de dados do sujeito, catalogue e envie ao Ministério Público Federal – injúria é um crime de ação penal pública.

Como contatar o Ministério Público Federal?

Consta aqui a lista de telefone, email e endereço dos Procuradores Regionais dos Direitos do Cidadão. Faça seu papel, denuncie!

Ou vai culpar os governantes pela sua própria omissão?

Anúncios

Publicado 11/01/2010 por Abigobaldo em Opinião

Etiquetado com , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: