Precisa mesmo disso? – a tecnologia duvidosa   1 comment

Já ouviu falar nos veículos que dirigem sozinhos? Há muito tempo no imaginário social, essa fantasia tem começado a virar realidade, até aqui no Brasil já começaram a ser expostos carros que, guiados por computadores, juntam o conhecimento do GPS à habilidade mecânica de dirigir (definitivamente com mais segurança que por pessoas).

A maior função da tecnologia sempre foi trazer conforto ao homem – desde a invenção da roda até ao telefone celular; do jogo-da-velha até o PlayStation 3, tudo foi criado para que o homem pudesse aproveitar melhor o seu tempo de lazer.

A ideia de se fazer as coisas cada vez mais rápido para ficar livre cada vez mais cedo começou a se desenvolver com a Revolução Industrial, do séc. XVIII – se eu produzir mais rápido, lucro mais – e posso consumir melhor, e aproveitar minha vida mais ainda. Portanto, quanto mais eu trabalho, mais seguro eu estou, e mais cedo eu posso me aposentar, e viver o resto da minha vida com tranquilidade

Foi basicamente esta mentalidade que imperou na geração X (nascidos nos anos 60 e 70, os pais de hoje), que sacrificou grande parte da sua vida pelo trabalho – gerando males como a depressão, o afastamento da família, e tudo aquilo que consideramos ser consequência do estilo de vida atual.

Quando perguntaram aos desenvolvedores de um desses carros, a resposta de um deles me pareceu muito… interessante. A intenção deles, ao construir esses carros, era que as pessoas pudessem se livrar da direção para fazer outras coisas –dormir, comer, trabalhar, pra deixa-las com mais… tempo.

Tempo. Taí uma coisa que treze (tá amarrado!) em cada dez pessoas fala que precisa de mais. Mas será que um carro desses traria mais tempo? Ou um dos poucos momentos que não se trabalha hoje, será engolido pela necessidade de se ganhar mais dinheiro, mais rápido?

Anúncios

Publicado 07/04/2011 por Abigobaldo em Opinião

Etiquetado com , , , , ,

Uma resposta para “Precisa mesmo disso? – a tecnologia duvidosa

Assinar os comentários com RSS.

  1. Pingback: Brasileiros perdem duas horas em transporte público |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: