Aquela história do passado   Leave a comment

– Você já gostou dela?
-Sim, já fui bobo.
-E agora?
-Cresci.

Certas perguntas deixam a gente meio assim, com cara de mané, tentando entender nosso passado. Por quê fizemos tal coisa, ou ainda outra, ou até mesmo o que estávamos pensando ao tomar aquela atitude. É meio assim que fico, quando lembro de nós.

É porque simplesmente não faz sentido. Sério, não faz. Pára, pensa, e olha a gente. Não fazia sentido, começar daquele jeito, tão diferente. Fomos tão ingênuos, acreditando que um Deus traria milagres sobre nós, e, automaticamente, tudo desse certo, todas nossas diferenças fossem ao chão. Acreditávamos no amor, mas não sabíamos nem o que era amor.

Tínhamos medo um do outro, do que você pensaria se soubesse que eu fazia aquilo, ou como eu reagiria quando você me contasse o que aconteceu ontem. Era como se vivêssemos presos, sufocados, mas não sufocados um pelo outro, estávamos agonizando pelo nosso medo de machucar o outro, ou nos abandonarmos.

Porque, por mais que nós tivéssemos tudo pra dar errado, sabíamos que dependeria só de nós dar certo. E, talvez, por isso mesmo, nos esforçamos pra ficar juntos. E, nessa luta, descobrimos uma coisa que muita gente demorou pra entender: nossas diferenças, não eram nada. Não adianta nem dizer que elas eram superficiais – parece ser dar importância demais.

Nossas diferenças eram como a epiderme – retirá-las, ficar sem ela, nem provocava dor. E revelava que, de fato, nós éramos iguais. Iguais de uma maneira diferente, mas iguais. Éramos perfeitos juntos. Perfeitos demais pra perder tempo com bobeiras, pra brigar por coisas que nós sabíamos que não eram bem assim.

Não havia motivo pra dar ouvido a frases de outros quando nos encontrávamos. Porque um olhar pode até dizer tudo, mas a sua respiração no beijo me conta até o que você nem sabia existir. E então, foi que tudo aconteceu.

– Você já gostou dela?
-Sim, já fui bobo.
-E agora?
-Cresci.
-O que?
-Eu cresci, e a amo.

Anúncios

Publicado 07/17/2011 por Abigobaldo em dorgas

Etiquetado com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: