Ao usar, não abaixe a tampa.   Leave a comment

Há alguns dias, eu vi uma placa (mais para um aviso) em um banheiro masculino da UFU que me deixou meio… intrigado. O aviso dizia, não nessas palavras, que a tampa do vaso deveria ser abaixada apenas para quem fosse utilizar o vaso sentado, e que ela deveria ficar em pé o tempo todo – nada mais compreensível para um banheiro masculino.

E eu comecei a pensar nisso, quão idiota e fácil é fazer essa ligação (banheiro masculino = tampa levantada), e que nós não fazemos normalmente. E não fazemos porque somos condicionados sempre a abaixar a tampa do vaso depois de usar. É algo mecânico, como respirar (bom, pelo menos deveria ser).

E assim nós fazemos em todos os momentos, pequenas atitudes inúteis e mecânicas, que só nos fazem perder tempo, e deixar de ver a realidade: não nos importamos com o que estamos fazendo em pelo menos metade do tempo.

O que me leva a pensar quantas vezes, como empreendedor eu não cometi esses pequenos deslizes, que somados, colaboraram pro fracasso de meus projetos? Quantas vezes como amigo, não cometi tantos enganos com pessoas que as afastei de mim? Ou ainda quantas vezes eu mesmo me frustrei por ter falhado e não sabia onde tinha errado?

Será que o que me impede – e te impede de melhorar não é o seu ‘piloto automático’?

 

Anúncios

Publicado 12/06/2011 por Abigobaldo em Opinião

Etiquetado com ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: